história viva

 

Secretaria de Turismo de Camacho (37) 3343-1140

 

 Home | Institucional |  Eventos | Atendimento

 
     
 

CAMACHO

Panorama do município

A economia de Camacho baseia-se na agropecuária, sendo o milho pouco viável, por ser um produto de subsistência e de consumo interno. Podemos dizer que o feijão é produto de maior rentabilidade no comércio do município. O rebanho bovino predominante é o leiteiro, de grande importância para os pecuaristas e o crescimento do município. O rebanho de corte é menos viável; porém, há considerações a fazer.

Com grande destaque nas lavouras do município, destinado ao mercado interno e externo, encontra-se o café, considerado o baluarte do município. A produção em larga escala e de boa para ótima qualidade é, sem dúvida, o ícone da economia para os cafeicultores e o crescimento municipal.

Camacho é um município enfocado na pecuária e principalmente na cafeicultura, possuindo uma infra-estrutura no PRONAF e no EMATER. Economicamente, Camacho é um município rural.

A religiosidade, representado por um cálice com uma hóstia, significa o sangue e o corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo, que cada cristão camachense cultua em sua fé, em sua esperança e em sua perseverança no amor a Deus.

Os principais atrativos turísticos do município são as cachoeiras, artesanato e a gastronomia.

História: Emancipou-se politicamente do município de Itapecerica no dia 1° de março de 1963, tendo como primeiro prefeito Nelson Fernandes Friaça. Tornou-se um município independente e soberano.

A bandeira municipal possui as cores verde e branca. O verde representa as matas e o branco à paz. No centro, o brasão da época imperial portuguesa e os símbolos representativos da economia e da fé de um povo. São eles: um pé de milho com frutos, um galho de café com frutos, uma cabeça de bovino e um cálice com uma hóstia.

Eventos: Culturalmente Camacho destaca-se pelas festas, como reinados de Nossa Senhora do Rosário e de Nossa Senhora Aparecida, a festa da padroeira Nossa Senhora das Dores, aniversário da cidade, Feira de ciências da Escola Estadual Nelson Fernandes Friaça, Festa do Peão de Boiadeiro e Folias de Reis.

O que fazer: Cachoeira do Donde Uma cachoeira inexplorada com uma queda livre com cerca de 60 metros, formando tanques d’água com uma ótima água limpa e cristalina para passar um final de semana. A cachoeira situa-se a cerca de 11 km da cidade de Camacho MG. Cachoeira do Barro Preto Uma cachoeira também inexplorada com uma queda livre com cerca de 200 metros, formando vários tanques d’água antes de sua queda, durante e depois uma cachoeira menos conhecida do que a outra. Muito bonito o lugar, para descanso e lazer.
A cachoeira situa-se a cerca de 14 km da cidade de Camacho MG. Morro Grande Situado a mais ou menos 3 km de Camacho MG, o Morro Grande é hoje um dos lugares da região mais interessante para avistar varias cidades vizinhas à noite sendo elas, Itapecerica, Oliveira, São Francisco de Paula ate mesmo Divinópolis. Cachoeira dos Garcias I A cachoeira dos garcias I é também um lugar muito interessante pertencente ao município, formado por pedras, e com um grande volume de água. A cachoeira situa-se a 13 km da cidade de Camacho MG. Cachoeira dos Garcias II A cachoeira dos garcias mais conhecida como PRAINHA DOS GARCIAS, é o lugar mais visitado por moradores e turistas da cidade com a queda d’água não tão grande eles forma um grande tanque em baixo podendo aproveitar com maior tranquilidade além da duna de areia formada no canto direito da Prainha. Ótimo lugar para ser desfrutado por todos. A PRAINHA DOS GARCIAS situa-se a 15 km da cidade de Camacho MG.

 
 

 

Municípios limítrofes: Monte Belo, Areado, Divisa Nova, Botelhos, Caconde (SP) e Muzambinho

Habitantes: 3.154

Altitude: 1.192m

Tamanho do município: 222,218 km²

*Fonte: IBGE 2010

 

 
   
 

 

 

 

REALIZAÇÃO

PATROCÍNIO